Demonstrações de Amor

A MULHER NO MUNDO COLONIAL

Orçamentos

Pelo menos na forma como se entendia na Europa. Homens e mulheres viviam em concubinato, amaziados, ou sob diversas outras variantes da vida em comum. Fora dessa minoria absoluta, ninguém casava mesmo. Ajudavam nessa tarefa comadres, tias, avós e vizinhas, numa espécie de maternidade informal e coletiva: todo mundo tomava conta de todo mundo. As mulheres acostumaram-se, sem problema algum, a criar os próprios filhos e os de seu marido com outras mulheres, tanto quanto os filhos de outros homens com outras mulheres.

Anúncios colônias 385062

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Chica da Silva Chica da Silva Chica da Silva é uma das mulheres mais conhecidas do período em que o Brasil era uma colônia dos portugueses. Filha de um homem lácteo e uma negra escravizada, Chica da Silva conquistou sua liberdade na idade adulta e tornou-se uma das mulheres mais ricas do Brasil ao relacionar-se com o contratador de diamantes da cidade de Diamantina. Esse relacionamento permitiu Chica ascender socialmente e integrar-se à elite colonial. Os historiadores analisam a forma como ela foi representada e como uma mulher negra ter ascendido socialmente era um incômodo para as elites brancas do Brasil.

Artigos Relacionados

Seu pedido foi atendido com certa atividade. O governo português estava habituado a enviar moças assim para suas outras colônias, em especial Goa, na Índia. Para as mulheres enviadas, Nóbrega via uma vantagem na mudança de ares. O Brasil atravessaria seus primeiros três séculos com índices de concubinatos altíssimos.